Gabriel Serpa
Por 26/01/2018

Integração entre órgãos visa facilitar aberturas de empresas no Rio de Janeiro

Atualmente o processo de abertura de empresas demora cerca de sete dias, mas com a integração esse prazo tende a cair para três dias

O processo de integração entre órgãos que autorizam a abertura de empresa no Rio de Janeiro continua a avançar por meio da Redesim. Já estão integrados órgãos como, Receita Federal (RFB), secretarias da Fazenda, municipal e estadual, além dos bombeiros, vigilância sanitária e alguns cartórios do estado.

A Redesimples é o conjunto de sistemas informatizados, interoperáveis que foram colocados à disposição do cidadão para realizar o processo de registro e legalização das pessoas jurídicas (inscrição, alteração e baixa) no âmbito da União, Estados e Municípios

Nesse sentido, foi firmado acordo pelo IRTDPJBrasil e o Prosolution, sistema integrador do Rio de Janeiro, com a expectativa de que até março todos os cartórios de Registro de Pessoas Jurídicas do Estado estejam integrados a Redesim.

Segundo Jalber Lira, registrador de títulos e documentos e das pessoas jurídicas no Rio de Janeiro/RJ, a integração certamente levará o sistema de registro no Brasil a uma forma de operação totalmente diferente do que é conhecido hoje. Trazendo velocidade, simplificação e redução de custos para usuários e para Receita Federal.

O próximo passo a ser dado pela Redesim é o Coletor Nacional, sistema que visa uniformizar a forma de coleta de dados e o desenvolvimento da Central de RCPJ em todo território brasileiro.

Marcadores:

Deixe seu comentário

Atenção: Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não representam, necessariamente, a opinião da Central RTDPJBrasil.